Já há algum tempo o ovo passou a estar bem presente nos cardápios de perda de peso, especialmente no café da manhã.

Isso porque estudos mostram que a proteína presente na clara ajuda a dar saciedade e contribui para regular alguns hormônios que interferem no acúmulo de gordura no corpo e na sensação de fome, em conjunto com a atividade física e uma alimentação equilibrada, essa é uma ótima estratégia para emagrecer. E, ainda, o ovo contêm vitaminas e minerais como o Ferro, que fortalece o sistema imune e a colina, que ajuda a manter a memória.

Por isso, eu trouxe aqui diferentes formas de preparar ovos, lembrando você dessas possibilidades para usar em seu dia a dia e não enjoar.

1- Ovo Pochê

Para fazer esse tipo de preparo, quebre o ovo em um recipiente e reserve.

Numa panela, leve ao fogo a água com o vinagre (2 partes de água, para 1 parte de vinagre) e deixe ferver.

Baixe o fogo, mexa a água até formar um “redemoinho” e coloque o ovo no meio. Deixe cozinhar por 3 minutos, retire e resfrie na água fria com sal se quiser uma gema bem mole. Se gostar do ovo mais durinho fique atenta no tempo de cozimento, verificando o aspecto do ovo para retirá-lo quando estiver com a aparência da consistência ideal.

Na hora de comer, adicione um fio generoso de um bom azeite e uma pitada de sal marinho e pimenta do reino fresca.

2- Ovos mexidos

Nesse caso, o importante é escolher uma gordura saudável para preparar, pode ser manteiga (se possível Ghee), óleo de coco, ou azeite de oliva. Para incrementar no sentido do emagrecimento, pode adicionar uma pitada de sementes de gergelim brancas, sal marinho ou rosa, e uma pitada de cúrcuma pura (açafrão da terra).

3- Ovos fritos

Na versão frito vale usar uma panela antiaderente que seja de cerâmica para se pouca gordura e a qualidade da gordura deve ser como sugerido para os ovos mexidos. Para deixar a gema mais mole no meio, basta tampar a frigideira e deixar o calor cozinhar o ovo por inteiro. O uso de óleo refinado como girassol, soja ou canola não é recomendado.

4- Omeletes

Como omelete, os ovos nada mais são do que a mistura deles com vegetais, podendo haver um acréscimo de um queijo (que seja de boa qualidade, como os queijos mais duros ou curados).

Por exemplo: misture 2 ovos em um prato fundo e bata-os com um garfo até ficarem bem misturados. Depois coloque a mistura dos dois ovos em uma frigideira untada com uma boa manteiga (ou ghee). Deixe cozinhar de um lado e vire. Quando virar, sob a parte ainda mole, adicione cenoura ralada, espinafre picado, cebola roxa picada, tomate cereja em fatias, folhas de manjericão, um pouco de parmesão fresco ralado, uma pitada de orégano, sal marinho e pimenta do reino. Tampe a frigideira até cozinhar por inteiro.

5- Ovo assado

Essa é outra opção interessante, pois permite usar bem pouca gordura no preparo e é bem prático. Primeiro, preaqueça o forno a uma temperatura entre 160 e 190°. Então, pegue uma tigela pequena que possa ir ao forno, unte-a e quebre o ovo dentro, cuidando para manter a gema intacta.

Esse preparo também permite ser mais criativo. Antes de despejar o ovo, você pode colocar cebola e tomate na tigela, cogumelos ou queijo parmesão fresco ralado ou frango desfiado e legumes, por exemplo. Depois, ponha sal, pimenta do reino. O ovo deverá permanecer no forno entre 12 a 20 minutos. Novamente, vai depender de como você prefere sua gema.

Deixe uma resposta