3 Passos Para Sair da Zona de Conforto e Obter Sucesso

20 de maio de 2019

Comments

O nosso cérebro guia nossas escolhas, na maior parte do tempo, num sistema de piloto automático, isto é, sem que tenhamos consciência. Isso até facilita o nosso dia a dia, mas nos atrapalha quando precisamos realizar mudanças efetivas. É por isso que mudar hábitos pode ser difícil e dolorido, mesmo que seja para o nosso próprio bem.

Podemos dizer que esse lugar onde agimos no “piloto automático” é a tal da “zona de conforto” e querer sair desse lugar é como remar contra a maré, do mundo, dos outros e, principalmente, de nós mesmos. Um bom exemplo é quando queremos ou precisamos emagrecer, parar de comer doces, não beber refrigerante, diminuir os carboidratos, evitar alimentos gordurosos. Isso se torna uma batalha diária como abandonar um vício, portanto, é válido se preparar quando o assunto é esse.

É importante sempre reconhecer cada vitória, por menor que seja, e não desistir se acabar regredindo em algum momento. É normal se desviar no meio do caminho, o importante é manter-se firme no propósito de melhorar a cada dia.

Então, para te ajudar, eu separei aqui 3 passos para sair da zona de conforto.

1 – Crie um diálogo interno positivo

Existe constantemente um diálogo em nossas mentes e não devemos esquecer que as palavras têm poder, basta xingar alguém para ver o resultado. 

As palavras carregam mais do que significados, mas, também, informação como amor ou ódio, harmonia ou discórdia, gratidão ou ressentimento, culpa, etc. Porém, é mais fácil e comum reconhecer o impacto das palavras quando nos comunicamos com os outros do que quando nos comunicamos com nós mesmos.

O nosso diálogo interno tem um papel muito importante na nossa vida e é o primeiro passo para sair da zona de conforto. Substitua os diálogos destrutivos por outros construtivos, encarando os possíveis desafios das mudanças desejadas com otimismo.

É preciso enxergar que não é um problema cometer erro, pelo contrário, errar faz parte da vida. E, ao invés de punir-se, aprenda a se perdoar e a virar a página para fazer melhor nas próximas oportunidades.

Evite focar em questões negativas de sua personalidade e comece a encontrar soluções utilizando seus pontos mais fortes tendo em vista seus objetivos. 

Para sair da zona de conforto, é preciso gerar força e motivação de dentro para fora e não de fora para dentro e, por isso, o trabalho do diálogo interno positivo é tão importante, para te colocar para cima, ao invés de te sabotar mantendo a vida na “água parada, fedida e suja” da zona de conforto.

2 – Busque ressignificar o passado

A boa notícia é que a zona de conforto é uma armadilha criada por nós mesmos para nos proteger do desconhecido. Por isso, quando pensamos em mudar o rumo das coisas, nossa memória inconsciente começa a emitir sinais de perigo com sentimentos de experiências passadas que nos causam medo, confusão e dor.

Investigar o que pode estar por trás dos medos ou das crenças de que você não seria capaz ou merecedora de alcançar situações melhores em sua vida, pode ser um caminho de vitória rumo às novas conquistas.

Nesse caso, uma ajuda de um bom psicólogo ou psicanalista pode ser extremamente válida, assim como uma auto avaliação de que você tem o poder de criar novas realidades em seu momento presente de vida e que o passado já não existe mais.  Filtre, honre e agradeça sua história, mas apegue-se somente ao que poderá te ajudar a evoluir. Afinal, é para isso que estamos aqui, não é mesmo? 

Use a lógica, contra argumente consigo mesma, escreva num papel os seus objetivos, quem você quer ser ao atingi-los e determine como fará isso acontecer. Confie no futuro, seja otimista e, acredite, você pode fazer diferente e melhor.

3 – Inspire-se com novidades 

Para sair da zona de conforto é preciso novidade e, para isso, é válido colocar o corpo e a mente para experimentar coisas novas e conhecimentos novos. Por isso, busque ver novas soluções e modo de agir para problemas antigos, entendendo novas formas que poderão trazer a realização do seu objetivo, tendo a mente aberta para transformar padrões de comportamentos. Nesse caso, estar em sintonia com pessoas, celebridades, professores ou profissionais que possam te ensinar e te inspirar como agir é um bom caminho.

Lembre-se: “Insanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes”. Albert Einstein.

Related Posts

Alimentação e Pele, entenda sobre o Colágeno

Alimentação e Pele, entenda sobre o Colágeno

É fato que com o avançar da idade começam aparecer linhas finas de expressão na pele, além de ocorrer uma perda da elasticidade, perda de hidratação e brilho da pele. Esses são sinais naturais e comuns do envelhecimento da pele e que também sofrem influência do...

Confira 5 formas de fazer Ovos para não Enjoar

Confira 5 formas de fazer Ovos para não Enjoar

Já há algum tempo o ovo passou a estar bem presente nos cardápios de perda de peso, especialmente no café da manhã. Isso porque estudos mostram que a proteína presente na clara ajuda a dar saciedade e contribui para regular alguns hormônios que interferem no acúmulo...

Receita – Dia dos Namorados

Receita – Dia dos Namorados

Ei mulheres, que tal uma receitinha bem leve para comemorar o dia dos namorados sem ficar com aquela sensação de peso após o jantar? Curte aqui essa dica leve, saudável e afrodisíaca! Essa receita dá para 2 pessoas, ajuste a quantidade dos ingredientes, se precisar....