Muitas mulheres comentam sofrer com um intestino preso que não funciona todos os dias. Isso é realmente desagradável, pois causa uma sensação de falta de energia, desconforto abdominal e inchaço. Além disso, como dizem, o termo “enfezado” representa bem o mau humor de uma pessoa que não consegue ir ao banheiro todos os dias.

A questão é que, além de um intestino preso interferir na sensação de vitalidade, pode atrapalhar a absorção de nutrientes, intoxicar o organismo, interferir na imunidade e pode ser um sério risco de câncer intestinal, em longo prazo.

Então, devemos ficar atentas aos sinais desse órgão tão importante.

Se você sente que precisa melhorar o funcionamento do intestino que, idealmente deve funcionar diariamente com, no máximo, 1 dia de atraso, veja se está fazendo tudo certinho de acordo com essas dicas a seguir:

1. Ao acordar beba, pelo menos, 400ml de água na temperatura ambiente, em jejum, antes de comer qualquer coisa e pode ser até mesmo antes de escovar os dentes. Deixe uma garrafinha de água no quarto para te lembrar assim que acordar e pra ficar mais fácil adotar esse hábito.

2. Além da água em jejum, beba + 40 ml de água x o seu peso, ao longo do dia. Isto é, uma pessoa que pesa 60kg, deve beber 2,4l de água em um dia. Basta multiplicar 40 pelo valor do seu peso para saber esse cálculo.

3. Coma salada crua, variada e coloria todos os dias antes do almoço (pelo menos). Exemplo de um bom prato de salada (sempre inclua folhas): alface + rúcula + agrião + couve manteiga + pepino + tomate cereja + talos de salsão + cenoura e beterraba raladas, cebola roxa fatiada, salsinha picadinha por cima e tempere com um bom azeite e vinagre de maçã.

4. Além da salada crua pelo menos 1x ao dia, coma, ainda, 6 porções de legumes variados por dia, 3 no almoço e 3 no jantar. Exemplo: vagem, quiabo, abobora, brócolis, couve-flor, berinjela, abobrinha, etc. 1 porção corresponde a 1 xícara de chá do legume picado.

5. Consuma azeite de oliva todos os dias, pelo menos, 2 colheres de sopa por dia. Pode ser na salada ou legumes.

6. Consuma até 3 porções de frutas no dia, 1 no café da manhã, 1 no meio da manhã e uma no meio da tarde.

7. Consuma 1 a 2 colheres de sopa de farelo de aveia por dia. Pode incluir nas frutas ou nas refeições.

8. Adicione, pelo menos, 1 a 2 colheres de chá de sementes (chia, linhaça, gergelim ou girassol). Pode incluir em frutas, vitaminas, saladas, no arroz integral, no feijão ou legumes.

9. Evite comer em excesso carne vermelha e evite, ao máximo, o consumo de alimentos refinados e a base de farinha, alimentos processados e açúcar.

10. Sempre que estiver a seu alcance, faça um iogurte caseiro de Kerfir (você pode encontrar doadores na internet, assim como o modo de preparar). É muito fácil e barato e dá muito resultado.

11. Adquira o costume de consumir chás digestivos, pelo menos 1x ao dia, após o almoço ou jantar, como o chá de gengibre e orégano.

Agora, me conta de verdade, você faz tudo isso e assim mesmo ainda sofre com o intestino preso?

Espero que essas dicas sejam realmente úteis.

Lembre-se, nenhum resultado acontece da noite para o dia, é preciso um tempo se adequando a esses hábitos para melhorar. Pode não ser tão simples e fácil quanto tomar um laxante, mas é algo que poderá, realmente, te proporcionar um verdadeiro bem-estar e saúde intestinal.

2 Comentários

  • Horlita

    Excelente suas dicas, já estou em processo de reeducação alimentar e suas são bem vindas pra

    • Ana Paula Surita

      Olá Horlita. Fico feliz que minhas dicas estão sendo úteis para seu processo de reeducação alimentar, continue assim.

Deixe uma resposta